23 de julho de 2012

Beto Cruz explica a música "Winds Of Change".

Saudações!
Há pouco mais de um ano, conheci por um tópico na comunidade d'A CHAVE DO SOL (orkut), de autoria do Marinho Rocker, uma música nova do Beto Cruz. O link da canção "Winds of Change", foi postado inicialmente na comunidade do baixista Luiz Domingues por Marcos Awake, amigo de Marinho e de Cláudio Cruz (irmão do Beto e baixista do HARPPIA no disco 7), que a recebeu por e-mail.

"Winds of Change" estava creditada a uma banda chamada MERKANA, da qual não existia mais informação alguma na internet, salvo um twitter que dava sinais de não ser mais utilizado. Ainda assim, divulguei o som no site Whiplash e, posteriormente, aqui no blog. Só muito recentemente, por troca de e-mail, que tive a oportunidade de perguntar ao Beto do que se tratava o MERKANA.

Roberto Cruz em 1987.


Segundo Beto, o MERKANA não é propriamente uma banda, pois todos os intrumentos foram gravados por ele no seu estúdio como text. Isso significa que o músico não está voltando a se apresentar ao vivo ou irá lançar um disco sob o nome de MERKANA em breve. "Apesar de não viver profissionalmente de música, continuo compondo sempre e tenho varias músicas prontas não editadas ainda; porém com mais tempo vou jogando pela net", afirma o produtor e multi-instrumentista.

Marcos Awake contou ao blog que Beto Cruz lhe explicou a letra da música nova como sendo "uma metáfora sobre o fim do mundo, onde um casal sobrevive porque alcancou a evolução espiritual e foi salvo pelos aliens". Marcos ainda atesta que Beto atualmente vive em Ford Lauderdale, no estado da Flórida / Estados Unidos, onde "está super bem , casado e agora tem uma linda filha".

Os fãs, que assim como eu curtiram muito o som novo do Beto, ficam no aguardo de que ele possa arrumar o tempo necessário para liberar essas novas composições para nosso deleite.

Ainda não sacou o som do MERKANA? CLIQUE AQUI para conferir o tópico original com a música e a arte da nova canção do Beto e ateste que, mesmo após todos esses anos afastado, ele não perdeu a mão na composição.

5 comentários:

  1. Grande sacada do amigo aí!!! Valeu mesmo por correr atrás de informações sobre essa música, já que estávamos carentes disso.... Valeu mesmo pelo 'jornalismo investigativo' e que nos trouxe preciosas informações sobre esse cara que canta e compõe muito!!!
    Grato pela menção.... Parabéns pela matéria!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações Marinho!
      Tudo bom?
      Eu que te agradeço, meu amigo. Valeu mesmo pelos palavras, ainda mais porque eu acredito não ser digno de tantos elogios.
      Um grande abraço e vamos mantendo contato. Ficamos todos na torcida das novas composições do Beto!

      Excluir
  2. Boa noite a todos , sou Marcos de São Paulo e um fã da Chave do Sol, há um ano mais ou menos tive a oportunidade de conhecer e virar amigo do grande baixista Luiz Domingues.
    sou amigo do Cláudio Cruz irmão do Beto que hoje mora em Fort Luderdale na Flórida. E através do Cláudio ouvi a canção nova do Beto, a qual divulguei na comunidade do Luiz Domingues no Orkut. Fiquai feliz em ser mencionado aqui no Blog visto que também sou amigo do Marinho.
    Segue um trecho da conversa que tive com o Beto a respeito de sua nova música:

    Marcos a historia e uma metafora sobre o fim do mundo onde o casal sobrevive porque alcancou a evolucao espiritual e foi salva pelos aliens.A letra e musica voce pode achar aqui no merkana.bandcamp.com . Valeu!!!
    ..

    A canção é fantástica, e o proprio beto passou para mim via e-mail. Espero que todos curtam, pois é uma bela canção e posso dizer que o beto esta super bem , casado e agora tem uma linda filha.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações Marcos Awake!
      Tudo bom?

      Fico sem palavras para te agradecer pelas informações. Já vou atualizar o post com todas elas.

      Reitero meus agradecimentos pela contribuição não só para nosso blog, mas para todos fãs d'A Chave do Sol.

      Um abraço para você e os músicos da família Cruz, que tantas músicas memoravéis fizeram no Harppia e na Chave.
      *

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir